Arquivo de ‘Softwares’

Adobe lança editor (e conversor) de PDF online

A Adobe lançou um editor de texto online, que gera arquivos no formato PDF. Além disso, a ferramenta online também permite a conversão de vários tipos de arquivos – entre eles, o Microsoftiano .doc.

O editor é muito bom. Acabei de testar e realmente – muito bom mesmo.

A “Web 2.0”, que ultimamente não tinha muitas novidades, ganhou um competidor de peso.

Ah! já ia me esquecendo – é grátis, basta fazer um cadastro no site.

Os links:

http://www.adobe.com/acom/

http://www.adobe.com/acom/connectnow/

Chrome – o browser do Google

O Google anunciou nesta terça feira seu novo projeto, pra lá de ambicioso, que é o Google Chrome, um browser – ou, como eles preferem chamar, uma “plataforma de aplicativos web” – gratuito, e com o código aberto.

O anúncio surpreendeu a muitos, menos a este que vos escreve. No anúncio da toolbar do firefox, eu já imaginava um browser feito pela empresa.
Com este projeto, o google, que já domina o conteúdo e propaganda da web, tenta colocar seu pé em mais um nicho da web.
E ao que tudo indica, será mais uma revolução googleana. A começar pelo anúncio, feito em formato de “quadrinhos” – muito bons, por sinal.

O que mais me chamou a atenção foi o conceito de tabs definidas como processos separados. Isso traz enormes vantagens, entre elas um gerenciamento mais inteligente de memória e um browser mais estável, já que, se uma das tabs travar basta fechá-las – não colocando em risco o …

Mozilla kitchensink

Desenvolvedor de software é, na grande maioria das vezes, um fanfarrão.

Olha o bug que abriram para o pessoal da Mozilla: https://bugzilla.mozilla.org/show_bug.cgi?id=122411

Traduzindo, estão reclamando que o browser não tem uma pia de cozinha. E o pior de tudo é que resolveram o bug. Quem tem o browser na “versão corrigida” pode digitar about:kitchensink na barra de endereços e ver a “solução”. Quem não tem o referido browser, é só acessar http://www.mozilla.org/docs/web-developer/samples/kitchensink.xml para ver uma demonstração.

E quem disse que a gente não se diverte? 🙂…