Arquivos de agosto, 2008

Symbian, Android e a nova tendência do mercado

Alguns meses depois do google ter anunciado seu sistema operacional para celulares – o Android – A Symbian foundation abriu grande parte de seu código a desenvolvedores e se reafirmou como uma plataforma – agora aberta – de desenvolvimento de software.

Estes projetos mostram uma nova tendência quase natural no desenvolvimento de software embarcado: A “separação” entre desenvolvimento de software e de hardware, nos moldes do desenvolvimento para PCs.

Eu um futuro bem próximo, qualquer usuário de celulares terá a opção de escolher o sistema operacional de seu telefone. Isso é muito bom, como todo poder de decisão.

Novamente – tal como aconteceu com os Macs, no principio – a Apple nada contra correnteza e não dá sinais de oferecer esta possibilidade aos seus usuários, ao contrário da maioria dos fabricantes (Leia-se Nokia, Motorola, Samsung, Sony-Ericsson, etc.)

O que, de qualquer forma, me deixa muito entusiasmado é que finalmente o mundo de desenvolvimento embarcado está agitado e coisas novas virão. …

Hello World em WhiteSpace

   
   	  	   
		    	
   		  	 	
		    	 
   		 		  
		    		
   		 		  
		    
	  
   		 				
		    	 	
   	 		  
		    		 
   	     
		    			
   			 			
		  
  	   
   		 				
		    	  	
   			  	 
		    	 	 
   		 		  
		    	 		
   		  
	  
		    		  
   	    	
		    		 	
   		 	
		    			 
   	 	 
		    				
    
	
	     
empty-line
    	
empty-line
 			 
empty-line
	  	 
	
     	
	   
empty-line
  	
empty-line
   	 
empty-line
empty-line/EOF

E este foi um exemplo da linguagem de programação WhiteSpace, criada pelo Edwin Brady (e que foi apresentada no dia primeiro de Abril de 2007)

Acredite ou não, são estes os elementos que compõem a linguagem: Apenas espaços em branco e tabs. Tem interpretador e tudo. Para quê server? nada 🙂

A página do projeto: http://compsoc.dur.ac.uk/whitespace/

Acredita agora?…

Desenvolvimento web em… C?

Pois é exatamente esta a proposta do Scott Petersen, da Adobe.

Em suma, o projeto Tamarin (que já nasce forte, apoiado por Adobe e Mozilla) cria um módulo do flash capaz de entender C.

Claro que não é tão simples como parece; foi criado um compilador C especial, responsável por gerar código para uma máquina virtual rodando em ActionScript. Engenhoso.

Dando certo ou não, a idéia é muito boa e abre uma gama muito grande de possibilidades – aposto que muitos aí já estão imaginando o slackware rodando num flash player 🙂

É claro que existem muitas barreiras a serem enfrentadas, e já imagino que a performance deve ser a maior deles, mas a idéia por si só merece algumas palmas.

O arigo inteiro pode ser acessado aqui.…

Mozilla kitchensink

Desenvolvedor de software é, na grande maioria das vezes, um fanfarrão.

Olha o bug que abriram para o pessoal da Mozilla: https://bugzilla.mozilla.org/show_bug.cgi?id=122411

Traduzindo, estão reclamando que o browser não tem uma pia de cozinha. E o pior de tudo é que resolveram o bug. Quem tem o browser na “versão corrigida” pode digitar about:kitchensink na barra de endereços e ver a “solução”. Quem não tem o referido browser, é só acessar http://www.mozilla.org/docs/web-developer/samples/kitchensink.xml para ver uma demonstração.

E quem disse que a gente não se diverte? 🙂…

China libera internet para jornalistas

China recua e libera Internet para jornalistas na Olimpíada

Enfim, uma notícia surpreendente. Em todos os episódios de censura esdrúxulos que vemos nossos amigos chineses sofrerem, penso: Como isso afetará nossas vidas quando o império chinês tomar o mundo? Medo……

10 motivos para não ter um iPhone

Recebi este texto por email e realmente não sei o autor, mas são colocações bastante cabíveis.


1 – Envio de arquivos: com o iPhone, não é possível enviar arquivos via bluetooth para seus amigos. Uma música via bluetooth até pode ser recebida, mas não irá tocar no iPod embutido no celular. Você terá de passá-la para o computador, convertê-la via iTunes, e somente então, transferí-la para o iPhone.

2 – Personalização: não é possível mudar o fundo de tela, usar suas músicas como toque ou mudar os temas do iPhone. Fique com o design interessante dele e torça para não enjoar.

3 – Foto: enquanto a concorrência chega a 8 megapixels e qualquer Motorola já chega a 5, o iPhone 3G foi uma decepção por não ter melhorado a câmera de apenas 2 megapixels. Não há foco automático, não há flash (fotos à noite, nem pensar!), não há lente de qualidade. E lembre-se: você não poderá enviar essa foto para …